A Noruega e seus violões.

Na Noruega existe vida sim, e até música!

Às vezes tenho a impressão de que o que eu mais quero da vida é mesmo sossego. Não precisa de mais nada, só sossego… e talvez um violão.
E é bem nessas horas que descubro aquela música perfeita pra situação, aquela música que faz parecer, por um minuto do dia, que a gente está a muitos quilometros de distância de qualquer outra pessoa. Foi exatamente isso que me aconteceu quando comecei a explorar um CD que comprei. Kings of Convenience é exatamente uma daquelas bandas que conseguem te arrancar do corpo e te jogar num gramado ensolarado de uma manhã de inverno qualquer em qualquer outro lugar que não essa merd* de cidade da garoa.

Os singles mais conhecidos como Misread e I’d Rather Dance with you eu já conhecia, mas só quando fui escutar o CD de cabo a rabo que descobri realmente as melhores músicas: Homesick, Cayman Islands, Surprise Ice e Gold in the Air of Summer.

As músicas são todas muito agradáveis de se ouvir e realmente nos dão vontade de sentar na beira de um lago, à sombra de alguma árvore e ver o dia passar. Sempre adorei músicas acústicas, mas eles realmente vão além: essas músicas têm apenas violões, um piano e as vozes; não são versões, são acústicas desde sempre. Não dá para ficar melhor.

Só para comentar, acho muito curiosa a letra de Homesick, que diz em um trecho:

“I’ll lose some sales
And my boss won’t be happy
But i can’t stop listening to the sound
Of two soft voices blended in perfection”

E fico imaginando se eles estão falando deles mesmo…

De qualquer modo, fica a sugestão. E também um aviso: músicas altamente viciantes.

Um pequeno histórico para os curiosos:

A banda Kings of Convenience se lançou em 1999, formada por Erlend Øye e Eirik Glambek Bøe, após suas primeiras apresentações durantes festivais europeus de música daquele ano. Assinando com a gravadora americana Kindercore, seu primeiro álbum foi lançado em 2001 levando o nome de Quiet is the New Loud. O nome do CD foi até emprestado a um pequeno movimento pop underground que surgia na época de revalorização de melodias e letras mais sutis, sons acústicos etc, muito influenciado por bandas como Belle & Sebastian e Simon & Garfunkel.

Depois de um período de sumiço, a banda reapareceu em 2004 com o álbum Riot on an Empty Street, que fez sua fama com músicas como Misread, I’d Rather Dance with You e Know How. A banda lançou, mais recentemente, o álbum Declaration of Dependence, em 2009 (que estou louco para ouvir).

Anúncios

~ por Guilherme B.C.G. em abril 3, 2010.

 
%d blogueiros gostam disto: